No Pedra 90, ambulância ficou vários dias no conserto e só retornou
ontem à unidade. (Foto: Sandra Carvalho)

Com pouco mais de dois anos de uso, ambulâncias da Secretaria de Saúde de Cuiabá (SMS)que atendem nas policlínicas da região do Coxipó já estão sucateadas. Sem o serviço, pessoas que chegam em estado grave nas unidades não tem como serem transportadas para o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, onde só entram pacientes em viaturas oficiais (ambulâncias, viaturas da polícia e SAMU). A região do Coxipó possui em torno de 150 mil habitantes, sendo de 85% dependem do SUS.

O risco de um paciente morrer na policlínica é grande porque as unidades não estão preparadas para casos graves. Este tipo de paciente, quando dá entrada na unidade, é estabilizado e imediatamente removido para o Pronto Socorro. Sem ambulância, os doentes tem que se virar para conseguir um veículo que o leve com urgência até o HPSMC.
Na Policlínica do Pascoal Ramos, por exemplo, o clima dentro da unidade é de total insegurança porque parentes de pacientes graves ficam exaltados ao saberem que não há ambulância no local. Com a chegada do final de semana, a possibilidade de chegarem pessoas em situação de difícil resolução na policlínica é muito maior por conta do alto índice de violência.
Situação semelhante vive a Policlínica do Coxipó. A ambulância está no conserto e os pacientes ficam sob o risco iminente de sofrerem complicações porque não tem como serem levados para o Pronto Socorro caso o seu quadro de saúde e agrave.
A Policlínica do Pedra 90 também ficou vários dias sem ambulância. Somente ontem o veículo retornou à unidade.
Em 2008 a Secretaria de Saúde de Cuiabá adquiriu 8 ambulâncias que foram entregues  às policlínicas do Coxipó, Pascoal Ramos, Verdão, Planalto e CPAIV, uma para o SAE – Serviço de Assistência Especializada, duas para o Pronto Socorro de Cuiabá e uma ambulância das que já trabalhavam na rede ficou no estacionamento da SMS para socorrer uma dessas unidades caso o veículo novo sofresse algum problema. Provavelmente por falta de manutenção adequada, os veículos já estão sucateados.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments