Um fato inédito. Assim é considerada a conquista do reeducando Clécio Teodoro Coblitz, que cumpre pena na cadeia publica de Porto dos Gaúchos-MT. Clécio, que está preso desde 2007, entrou na cadeia apenas com a 7° série e conclui o ensino médio dentro da cadeia e após isso prestou vestibular foi aprovado e começou a cursar Gestão Financeira pela instituição de ensino superior Facinter/Fatec em Porto dos Gaúchos.

Hoje, com 26 anos de idade, Clécio aguarda até o ano que vem, quando deve deixar o regime fechado, para voltar ao convívio social. Tão esperado quanto o dia que deixara a cadeia, foi o dia da formatura ocorrido no ultimo sábado dia 14 de maio. Clécio recebeu o certificado de conclusão do curso juntamente com mais 5 formandos do município em cerimônia realizada no Bufê Marcela Braum, na presença de autoridades, familiares e amigos.
Em entrevista para a reportagem do Porto Noticias, Clécio disse que o momento foi inesquecível e representou uma grande vitoria em sua vida; “Antes de ser preso eu nunca tinha sonhado com essa possibilidade de ter um curso superior e achava que nunca seria capaz de conseguir esse feito, porem mesmo de dentro da cadeia eu consegui realizar esse sonho”.
Perguntado de onde veio a força e inspiração para realizar esse feito, Clécio disse que agradece primeiro a Deus que é acima de tudo em sua vida, a diretora da cadeia pública Rosilda de Moares que foi a maior incentivadora neste período, a Juíza de direito Emanuelle Chiaradia Navarro Mano por ter concedido a ele o direito de poder freqüentar as aulas escoltado pelos agentes penitenciários, a sua mãe, sua família e esposa que sempre lhe deram força para continuar. “São pessoas que sempre me ajudaram e me incentivaram e devo isso a eles”, disse Clécio.
Clécio que ganha seu dinheiro fazendo trabalhos manuais dentro da cadeia, disse que após deixar a cadeia pensa em trabalhar e seguir a vida como qualquer cidadão e procurar ser um exemplo para outros que cumprem pena, para que busquem o conhecimento também através dos estudos e aproveitem a oportunidade que é oferecida aos reeducandos da cadeia de Porto dos Gaúchos.
Finalizando Clécio deixa uma mensagem aos reeducando que cumprem pena nos presídios do estado; “Procurem mudar o pensamento, pensem mais na família e esqueçam a vida errada que não leva a futuro nenhum, temos que buscar ser alguém na vida, e busquem acima de tudo a Deus, pois sem ele não somos nada na vida e não conseguiremos nada. (Roseno Barros/Porto Notícias)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments