A Polícia Federal deflagrou hoje, 06, a Operação Balista, com a finalidade de desarticular uma organização criminosa envolvida em um esquema de assalto a bancos, roubo a caixas eletrônicos e roubo de caminhões e cargas, dentre outros ilícitos, com o objetivo final de prover fundos para o tráfico de drogas.

O inquérito policial foi instaurado em 25/10/2010, a partir da reunião de informações dando conta de que o núcleo da organização criminosa seria formado por membros de uma família de Várzea Grande/MT, supostamente responsável por orquestrar, comandar e fornecer meios para a prática de diversas ações criminosas ocorridas no Estado do Mato Grosso.
Com o desenvolvimento das investigações foi possível comprovar o envolvimento da família mencionada e também de outros investigados na prática de diversos delitos, demonstrando a variedade de objeto na atuação do grupo. Ao todo foram catalogados ao menos quatorze episódios criminosos distintos dos quais a organização foi responsável, destacando-se os seguintes:
– FURTO NA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DENTECLIN, em Várzea Grande/MT; APREENSÃO DE MEDICAMENTOS SUJEITOS A CONTROLE ESPECIAL, em Várzea Grande/MT;  ASSALTO AO POSTO DE COMBUSTÍVEL GAIVOTA, em Várzea Grande/MT; ROUBO NO CAIXA ELETRÔNICO INSTALADO NO SUPERMERCADO COMPER, em Várzea Grande/MT; ROUBO AO CAIXA ELETRÔNICO INSTALADO NO EDIFÍCIO MILÃO, em Cuiabá/MT; FORNECIMENTO DE ARMAS PARA PRÁTICA DE DELITOS; SEQUESTRO DE MOTORISTA E ROUBO DE CAMINHÃO, em Várzea Grande/MT.
Durante as investigações foi constatado que dois policiais militares atuaram como integrantes da organização, especificamente como responsáveis pela segurança do grupo durante as ações criminosas, bem como repassando informações privilegiadas acerca do policiamento ostensivo nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande/MT, enquanto ocorriam os roubos.
Quase a totalidade dos suspeitos já possuía antecedentes criminais e agora deverão responder pela prática dos crimes de quadrilha ou bando, roubo qualificado, furto qualificado, receptação, porte e fornecimento ilegal de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico de drogas, dentre outros crimes.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Anônimo
Anônimo
8 anos atrás

na verdade a familia machado ja viraram vitima da sociedade,da emprensa e da justica,tanto e que foram investigados durante um ano e nada se constatou na prisao deles,exemplo de perseguicao e que estao presos apenas num 288 que e formacao de quadrilha…na verdade a voz do povo e a voz de deus,entao o povo faz a lei,se fosse pra cumprir a lei,os tres irmao ja deveriam estar de volta a sociedade…mas a justica tem obsecao em destruir a familia