O advogado Acácio Alves de Souza.
(Foto: O Repórter do Araguaia)

O principal suspeito de ser o mandante do assassinato do prefeito de Novo Santo Antônio, 1.200 km ao nordeste de Cuiabá (MT), Valdemir Antônio da Silva, o Quatro Olho (PMDB) é o advogado e ex-procurador da prefeitura do mesmo município, Acácio Alves Souza. Ele está com prisão decretada e ainda não foi preso. Valdemir foi assassinado com dois tiros no dia 23 de julho. 

Em coletiva de imprensa hoje pela manhã (10/08), em Cuiabá, os delegados responsáveis pelo inquérito que apura o assassinato contaram detalhes das investigações que levaram a Acácio, que teria discutido com a vítima quando ainda era procurador da Prefeitura de Novo Santo Antônio. O advogado permaneceu por dois anos no cargo e teria uma dívida para receber do prefeito.
Os delegados informaram ainda que o advogado era antigo conhecido de Luciano  Vieira e Alexandre Silveira Barbosa, o Magrão, acusados de terem praticado o assassinato e que isso incluía passeios familiares. Luciano, de 31 anos, foi preso em Bom Jesus do Araguaia, cidade vizinha a Novo Santo Antônio, no último domingo, 7 de agosto. Magrão foi preso na segunda-feira, dia 08, em Nova Xavantina. Além destes dois e do advogado, a polícia acredita no envolvimento de outras pessoas e espera concluir o inquérito em trinta dias.
 “O advogado achava que o prefeito Quatro Olho teria mandato metralhar a sua caminhonete”, revelaram os delegados, e isto pode ter sido o motivo de Acácio ter mandato assassinar Valdemir. Porém, isto ainda é uma suspeita.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Anônimo
Anônimo
9 anos atrás

justiça esta sendo feita, já prenderão alguns dos mandantes, falta o principal o negão.