Profissionais de enfermagem do município de Sorriso repudiam, em carta aberta, as justificativas da Secretaria de Saúde de Mato Grosso (SES)para contratação de Organizações Sociais (OS). “Não aceitamos que a classe trabalhadora seja responsabilizada e punida pela incompetência gerencial do estado”, diz o documento. A categoria afirma que o atual sucateamento da saúde “é decorrente de planos de governos omissos, mal geridos e mal fiscalizados”.
“Há uma omissão do Estado de longa data. Os servidores há muito vem alertando os gestores e a população pela falta de planejamento, através de manifestos, entrevistas, sugestões em ouvidorias e organizações de grupos. Não somos nós os descomprometidos e culpados desta situação. O estado se posiciona longe da nossa realidade, principalmente no interior do estado. Os gestores e secretários aparecem para fazer uma visita em épocas de eleição apenas, ou para conseguir votos”, criticam.
Os enfermeiros jogam pesado ao alertar que o trabalhador  da saúde “não pode ficar sujeito à políticos aventureiros e temporários que querem de uma hora para outra desfazer conquistas históricas da classe trabalhadora. Então, população, não se deixem enganar por uma fórmula mágica que surge para “organizar o sistema. Não se deixem enganar pela falácia de secretários e gestores, que hoje falam o que vocês querem ouvir: redução de filas, aumentar o número de cirurgias, melhorar o atendimento, a humanização etc”.
Veja texto completo da carta aberta na página ARTIGOS deste blog.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments