Foto: Assessoria/Colniza

O promotor de Justiça da comarca de Colniza, a 950 km de Cuiabá, Augusto Lopes Santos deslocou-se hoje (16) para o distrito de Gariba com a finalidade de apurar  denúncia de crime contra a ordem econômica. Algumas pessoas, com o início do isolamento provocado pelas chuvas, adquiriram combustíveis a preço normal e estariam revendendo por valores exorbitantes a quem precisa abastecer seus veículos, principalmente motocicletas.
A prefeita de Colniza, Nelci Capitani, está em Cuiabá acompanhando a liberação de gêneros alimentícios, medicamentos e combustíveis para a população atingida pelas enchentes.
Por determinação de Nelci, uma equipe de profissionais da Prefeitura de Colniza está desde o final de semana no distrito de Guariba, colaborando com a Defesa Civil do Estado na assistência aos moradores que ficaram isolados com a queda da ponte sobre o rio Aripuanã e outras na MT-206, desde o início do mês.
O engenheiro agrônomo Carlos Roberto Branco Barreto, técnico da Secretaria Municipal de Planejamento, informou na manhã desta terça-feira que os moradores do distrito de Guariba já receberam as cestas básicas entregues via aérea pelo Governo Estadual.
Carlos Barreto informa que chegaram as primeiras 200 cestas básicas de alimentos, transportadas em seis viagens do helicóptero da Defesa Civil e que começaram a ser distribuídas à população, de acordo com a necessidade das famílias cadastradas. A Defesa Civil também já levou cestas básicas para a comunidade do Roosevelt, de helicóptero.
O tenente BM (Bombeiro Militar) Jean Oliveira, da Defesa Civil, confirmou que nesta quarta-feira chegou a Colniza (sede do município), um carregamento de óleo diesel, que será levado em tanques menores, com travessia do rio Aripuanã em barco e após a margem direita, em caminhão.
Nos trechos críticos, onde pontes caíram na MT-206, a equipe da Defesa Civil contará com apoio de produtores rurais para transporte do combustível até o distrito de Guariba. A carga de diesel será destinada aos geradores de energia elétrica que abastecem o distrito.
A gerente do Indea em Colniza, a médica-veterinária Make Kawatake Minetto, também aproveitou a aeronave da Defesa Civil para realizar reuniões no Guariba, sobre o início da campanha de vacinação contra a febre aftosa nos rebanhos da região e instalação de um escritório do órgão no distrito, solicitada pela prefeita Nelci Capitani e em andamento pelo Governo do Estado.
Para a prefeita Nelci Capitani, as ações em desenvolvimento no distrito de Colniza são resultados da parceria com o Governo do Estado, que prontamente atendeu às solicitações do Município depois que as comunidades do Guariba, Roosevelt e da margem esquerda do rio Aripuanã ficaram isoladas com a queda da ponte. (com Assessoria)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments