Duas bombas que sustentam a ETA Tijucal estão danificadas e o abastecimento na região está comprometido. Homens trabalham no local na tentativa de retomar o funcionamento da estação. As bombas teriam sido adquiridas por 1 milhão e solução emergencial seria reutilizar equipamentos a fim de evitar maiores prejuízos à população.
A ETA Tijucal foi inaugurada ainda no governo Wilson Santos em meio a muita polêmica e com a promessa de resolver o problema de abastecimento de água na capital. Várias situações surgiram antes e durante a inauguração da obra, que ainda não está totalmente concluída e moradores dos bairros que deveriam ser beneficiados pela ETA não escondem o descontentamento.
Em janeiro deste ano, a Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) instalou grades de proteção nos bombeadores para proteger os equipamentos, que estariam sendo danificados devido ao grande número de resíduos que escoam pelos rios Coxipó e Cuiabá. Na época, a companhia informou que os entulhos se prendem nas bombas de captação de água bruta, e que incluem galhos de árvores, sacolas plásticas e garrafas, entraram no bombeador. Ainda não há informação se foi este o problema que acarretou o curto nas bombas.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments