Prefeitos irão pedir ajuda de deputados na próxima semana
(Foto: Plantão News)

É critica a situação de tráfego na MT 100 no trajeto compreendido entre Barra do Garças e Alto Araguaia, na região Sul de Mato Grosso, onde a estrada de terra está afetando o escoamento da safra e o trânsito de pessoas dos municípios de Torixoréu, Ribeirãozinho, Ponte Branca e Araguainha numa extensão de 260km.

Segundo o prefeito de Ribeirãozinho, Aparecido Marques Moreira, há varios dias que a prefeitura tem disponibilizado tratores, caminhões e equipamentos para retirar principalmente caminhões carregados com soja ou arroz dos atoleiros ao longo do trajeto.
O prefeito de Araguainha que segue neste momento (19H05) de Alto Araguaia para seu município, disse por telefone ao PlantãoNews que não sabe se consegue chegar na cidade. Há vários atoleiros e a prefeitura está disponibilizando uma patrola, pá-carregadeiras e dois caminhões para socorrer os veículos que estão encalhados. O detalhe é que o problema ocorre na jurisdição do município de Alto Araguaia, contudo a prefeitura não tem equipe de emergência e o trabalho está sendo feito por Araguainha. “Temos que resolver a questão e atender as vidas humanas com o problema” – disse o prefeito José Oscifarni (PPS), o Zezinho.
“Temos carreta encalhada com produtos agrícolas, problemas para o transporte de pacientes no deslocamento até Barra do Garças. A situação é crítica” – disse o professor Marquinhos, como é chamado o prefeito de Ribeirãozinho, dizendo que precisa da ajuda do governo do Estado em caráter de urgência.  “Se entrarmos na estrada não sabemos se voltaremos” – disse ele para sintetizar o quadro preocupante principalmente em relação ao transporte de doentes de média e alto complexidade. “Temos trechos totalmente intransitáveis” – frisou.
A prefeitura de Ribeirãoziho tem na estrada 2 patrolas e pá-carregadeiras mas não tem conseguido atender ao grande volume de problemas. Localizado praticamente no meio da estrada entre Barra do Garças (110 km) e Alto Araguaia (150 km) o município distribui sua produção agrícolas nos dois sentidos, uma vez que para Alto Araguaia é escoada a produção até o terminal ferroviário da ALL. (Alberto Romeu/Plantão News)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments