Além de promover a plantação de mudas a fim de arborizar Cuiabá, o projeto Verde Novo também tem o objetivo de promover a conscientização das crianças quanto a necessidade de conviver em harmonia com o meio ambiente. Foi por esse motivo que integrantes do projeto aceitaram o convite de alunos do 5º ano da Escola Notre Dame de Lourdes e da Escola Estadual Alina Tocantins, em Cuiabá, para falar sobre a importância de cuidar do meio ambiente e também para arborizar a região do bairro Cidade Alta, onde estão localizadas.
 
A ação ocorreu na manhã deste sábado (28 de setembro) e envolveu cerca de 60 alunos das duas escolas. A atividade, que reuniu cerca de 60 alunos, professores, coordenadores, diretores e a comunidade, foi realizada em parceria com o projeto Verde Novo, do Juizado Volante Ambiental (JUVAM), Instituto Ação Verde e Prefeitura Municipal de Cuiabá com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Serviços Urbanos, e da Secretaria Extraordinária dos 300 anos.

Uma das estudantes engajadas era Ianka Sarah de Oliveira, que ajudou a limpar a rua Jornalista Alves de Oliveira, catando os plásticos jogados no chão. “Sou moradora do bairro e hoje estou ajudando a limpar a redondeza. A ação me traz uma sensação boa porque é bom fazer o bem para as pessoas e para o meio ambiente. Também vamos plantar árvores no bairro e depois cuidar delas para que ajudem a melhorar o clima da cidade”, pontuou a aluna.
Tatiane Gonçalves Dias, mãe do Arthur e da Maria Cecília, também participou da ação. “Esse é um projeto muito bom de conscientização para crianças e também adultos. Arthur convidou a família toda para vir fazer a plantação e nos contou sobre a importância desse trabalho. Além de unir a família na manhã de um sábado, também conscientiza essas crianças que são o futuro do amanhã. Nós passamos aqui todos os dias e ele irá acompanhar o crescimento da árvore que ele mesmo plantou e até poderá mostrar para os filhos futuramente.
Durante a ação, foram plantadas e distribuídas um total de 600 mudas. Os integrantes do projeto Verde Novo, Abel Nascimento e Marcelo Pissurno, explicaram às crianças como fazer o plantio e também como cuidar das plantas para que elas cresçam saudáveis. “As árvores filtram o carbono que está no ar e nos devolve ar puro, trabalham de graça pra gente, e às vezes ainda não as tratamos com carinho quebrando galhos e cortando pedaços delas”, explicaram.
A diretora do Notre Dame, Irmã Marluce Almeida, ajudou na plantação e contou que a escola se baseou em dois pontos norteadores para realizar a mobilização da criançada e dos pais. O primeiro é responder ao apelo da igreja que é termos uma postura mais comprometida com as políticas públicas e bem comum de todos. Já o segundo ponto mobilizador é a instrução do papa Francisco para que lembremos que estamos em uma casa-mãe criada por Deus para todos nós.
“Essa casa comum precisa ser preservada e vista como parte integrante desse presente que Deus nos deu, que são todos os seres vivos, e precisamos ter um olhar crítico sobre o que estamos fazendo com essa casa comum e quais serão as consequências de nossos atos. O projeto de arborização foi pensado pelos alunos e irá continuar nos próximos anos, inclusive já temos uma proposta para 2020 que é em uma escola no Jardim Vitória que atende 350 crianças e fica em uma rua que não tem árvores. É muito bonito o olhar desses alunos atentos para estes espaços”, destacou.
Também a diretora da Escola Alina Tocantins, Nara Garcia, pontuou que a integração para a arborização do espaço onde estão localizados é pertinente principalmente tendo em vista o clima árido vivido pelos mato-grossenses nesses últimos meses. “Na escola a gente tem conversado bastante sobre o cuidar do meio ambiente principalmente pelo calor vivenciado nesse ano com a seca prolongada. A maior parte de nossos alunos são moradores também e é necessário que eles ajudem na plantação para que o espaço melhore. Eu falo pra eles que é importante que cada um fiscalize uma árvore para eles poderem vê-las crescendo e se desenvolvendo. Essa é a parte mais fácil, o cuidar depois é que é mais complicado. Com isso eles vão se sentir parte do processo.” (Assessoria TJMT)
Veja fotos clicando AQUI.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments