Na madrugada  do dia 09 de Junho de 2011, por volta das 2 horas, um ônibus da empresa Barratur que saiu de São Félix às 21 horas do dia 8 com destino a Cuiabá pegou fogo entre o Posto da Mata e Alô Brasil. Os passageiros, desesperados, deixaram o veículo e correram para dentro do mato. Segundo Cícera Gomes de Brito Matos, o ônibus começou a pegar fogo antes de chegar na localidade de Alô Brasil e as chamas começaram bem próximas ao motorista. Detalhe: a Barratur é a única empresa que faz esse trajeto.

“Foi um desespero. Descemos apavorados e corremos mata a dentro com medo de uma explosão”, contou Cícera pelo telefone, relatando que o veículo era extremamente velho e estava muito sujo. Além disso, não havia cobrador. “O pior é que o motorista queria seguir viagem no mesmo ônibus depois de conseguir apagar o fogo, com muita dificuldade”, conta indignada.

Após uma longa espera no meio da mata e num lugar completamente ermo e escuro, outro ônibus também em péssimas condições chegou ao local e levou os passageiros até Ribeirão Cascalheira, onde trocaram de ônibus pela terceira vez. “O ônibus era horrível, pior que o primeiro”, detalha a passageira, cujo destino era Barra do Garças. Ela diz estar indignada com o que aconteceu e revoltada porque os passageiros não receberam uma assistência adequada diante do incidente que poderia ter se transformado numa tragédia.

http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments