Informação está na edição de hoje do jornal Diário de Cuiabá.

Como se não bastasse a colocação de segundo trânsito mais violento do país, Mato Grosso é o estado com a quarta maior taxa de mortalidade de motociclistas no trânsito, segundo dados complementares da pesquisa Mapa da Violência 2011. Realizado pelo Instituto Sangari, o levantamento com base no ano de 2008 aponta, no trânsito mato-grossense, uma proporção de 13,6 óbitos para cada 100 mil habitantes.

Neste ranking da mortalidade de motociclistas, Rondônia aparece em primeiro lugar, com 15 mortes para cada 100 mil habitantes. A proporção seguinte foi a registrada no estado do Piauí, com 14,7. Em seguida, a proporção de Roraima fica pouco acima da mato-grossense, 13,7 óbitos para cada 100 mil habitantes.
A sequência da lista fica por conta do Tocantins, com taxa de 13,4. Embora esteja na quinta colocação no ranking de mortalidade de motociclistas, o Estado vizinho foi apontado como com o trânsito mais violento do país, com 35,6 óbitos para cada 100 mil habitantes (considerando acidentes com todos os tipos de veículos). Mato Grosso é o segundo neste ranking geral, com taxa de 35,5.
De acordo com o estudo, os acidentes com motocicletas foram responsáveis pelo incremento do número de vítimas no trânsito em todo o Brasil entre 1998 e 2008. As certidões de óbitos revelaram um aumento de 23,9% no número de fatalidades. (Renê Dioz)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments