Bio Karajá representará o Brasil em Genebra (Foto: Vanessa Lima)

Domilto Inaruri Karajá, conhecido como Bio Karajá, de São Félix do Araguaia, nordeste de Mato Grosso, representará os povos indígenas brasileiros na 4ª sessão de Mecanismo de Especialista em Direitos dos Povos Indígenas da Organização das Nações Unidas que acontecerá em Genebra, Suiça, de 11 à 15 de Julho de 2011.
“Recebi o convite para participar do debate que é muito importante porque presenciamos várias formas de violação dos direitos dos povos indígenas no Brasil”, disse o líder pouco antes de deixar sua cidade ruma à Suiça.
Um dos temas mais relevantes que ele está levando para ser debatido no evento internacional é sobre a Usina de Belo Monte. “Estamos levando um relatório completo de tudo o que diz respeito à violação dos direitos indígenas no Brasil para ser apresentado a lideranças do mundo todo”, conta Bio Karajá, orgulhoso de representar o Brasil no evento.
Ele lamenta que os indígenas tenham que recorrer a outros países para soluciona os problemas sofridos aqui no seu país de origem. “A Justiça aqui no Brasil é muito lenta, principalmente para quem tem menos recursos para recorrer à assistência jurídica. Os  povos indígenas não tem recursos para recorrer da decisão da justiça, por isso vamos buscar o nosso direito em nível internacional”, frisou, ressaltando que a última esperança de ver nossos direitos reconhecidos pela Constituição de 1988 está sendo atropelada pelo Estado brasileiro. 
Nosso último recurso é reclamar internacionalmente. Estou levando um relatório sobre a situação dos direitos dos povos indígenas no Brasil e uma carta de repúdio. Esperamos atingir nossos objetivos nesse evento”, concluiu Bio Karajá. (Vanessa Lima com texto de Sandra Carvalho)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments