Por Sandra Carvalho
Fotos Mary Juruna
Circuito Mato Grosso

A Casa do Parque inaugura dia 20 de setembro mais uma exposição que promete mexer com o universo cultural mato-grossense. “Ciência, Realidade e Ficção” é o tema desta temporada do artista plástico João Sebastião da Costa e que trará 30 obras multicoloridas inéditas – pintura sobre acetato – elaboradas desde 2008, além de duas telas criadas para surpreender os amantes da arte: uma retratando o risco que a onça – sua grande paixão – enfrenta com as queimadas e a outra em referência a uma grande personalidade feminina – Frida Callo – “São obras jamais vistas deste meu novo momento”.

Sobre o tema que ele próprio escolheu, João Sebastião explica que Ciência por se tratar de um trabalho inspirado no conhecimento e no autoconhecimento, entre o erudito e o popular. Realidade por abordar a realidade natural desta terra, como o caju, a onça, o calor, as redes, os rios. E Ficção por tratar-se de um artista metafísico, por seu estilo fictício.
E é a onça – sempre o ícone em suas obras: fera, fêmea, exótica, rainha, atraente e bela, que invadirá a Casa do Parque sob o olhar de João Sebastião da Costa, um dos mais completos artistas plásticos do Estado reconhecido por valorizar a cultura regional nas suas criações materializadas em belíssimas e coloridas telas. Encantado pela beleza feminina, João Sebastião promete mostrar toda sua originalidade nesta exposição.
As pinturas observa João Sebastião, estão sendo criadas desde 2008. “E as duas telas inéditas eu criei com muito carinho. Estou dois dias e duas noites trabalhando nessas peças e espero surpreender”, revela o artista, entusiasmado com a sua estreia na Casa do Parque. “Este é um espaço que veio para dar dignidade à arte, valorizar o artista local e enobrecer o nosso sentimento”. Em resposta ao reconhecimento do artista, Flavia Salem, idealizadora do espaço cultural pontua: “Temos um compromisso com a cultura e está sendo fantástico receber João Sebastiao e suas onças na Casa do Parque”.
Sobre o tema, o artista explica que sua afinidade com a onça é quase umbilical. “Vejo a onça como a mulher, a rainha do mundo. A onça, na verdade, é a grande única mulher da minha vida. E ela que me acompanha por todos os cantos, me atura, me entende…”, ele cria suas obras inspirado na fera e no universo feminino e também em outros símbolos regionais, como o caju e a rede.
Sobre o artista
Cuiabano –  nascido em 1949 no Coxipó da Ponte – João Sebastião descobriu a arte ainda criança, aos sete anos, motivado pela mãe Alexandra Barros da Costa, ceramista de mão cheia. Aos 12 anos ele já tinha seu próprio ateliê  e aos 17 passou a frequentar aulas de pintura com Bartira de Mendonça. Entre 1966 e 1967 circulou entre artistas modernos no Rio de Janeiro. Já com 20 anos começou a frequentar o ateliê de Humberto Espíndola, em Campo Grande (MS) e a partir de 1973, de volta a Cuiabá, passou a desenvolver atividades no Museu de Arte e Cultura Popular, na UFMT.
Desenhista, pintor, figurinista e professor João Sebastião ganhou, ao longo de seus 40 anos de carreira, seis prêmios nacionais. Prêmio Câmara Municipal em sua participação no VIII Salão de Arte Contemporânea de Santo André/SP, Prêmio Prefeitura Municipal de Belo Horizonte no VII Salão Nacional de Arte, XXIV Salão de Arte Moderna do Rio de Janeiro. No Museu de Arte Moderna do Estado ganhou prêmio de aquisição em 1976, prêmio de aquisição no III e IV Salão de Artes Plásticas da Caixa Econômica de Goiás e prêmio Viagem ao País em 1981, o mais importante em sua opinião, no IV Salão Nacional de Artes Plásticas do Rio de Janeiro.
SERVIÇO
O quê: Exposição “Ciência, realidade e ficção”, com João Sebastião da Costa
Abertura: 20 de setembro de 2012
Horário: 19 horas
Local: A Casa do Parque, Rua Marechal Severiano de Queiroz, 455, bairro Duque de Caxias II, entrada dos fundos do Parque Mãe Bonifácia, fone (65) 3365-4789, Cuiabá-MT
Período: 20/09 a 20/10/2012
Contato Imprensa: Sandra Carvalho – 3023-5151 / 8115-9312 / 9949-4457
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Thatiana Raiol Takei
Thatiana Raiol Takei
9 anos atrás

Olá quero parabenizar a iniciativa de apoio a cultura regional, temos grandes artistas nesta bela terra. Admiro as obras do Sebastião a exposição no espaço Unimed estava muito bonita, farei esforço para comparecer hoje, assim desejo que seja uma explosão de emoção.

Cezário Aschar
Cezário Aschar
9 anos atrás

Tenho o privilégio de poder compartilhar da amizade, diria até íntima, deste nobre artista plástico mato-grossense João Sebastião, que por sinal tem o nome de dois santos fortíssimos festejados pelos quatro cantos deste Brasilzão lindo.
Tive ainda o grande privilégio de ter morado quase próximo à sua residência no bairro Consil e foi justamente lá que tive a oportunidade de adquirir um de seus belos trabalhos.
Certamente não poderei deixar de apreciar esse seu novo e talentoso trabalho batendo meu ponto nesta exposição.