Os fones de ouvido, que já fazem parte do dia a dia das pessoas, podem causar danos irreversíveis na audição. O alerta neste Dia Mundial da Audição, 3 de março, é das fonoaudiólogas Patrícia Paes Schitkoski Sbegui de Oliveira e Fabiola Almeida de Oliveira, da Vida Otorrino, núcleo da Clínica Vida Diagnóstico e Saúde.

“Apesar de terem se tornado um companheiro no ônibus, na academia, nas filas e nos mais variados locais e horários, o fone representa um grande vilão da audição”, observa a especialista.

Isto porque, segundo Patrícia, o volume do som no fone a principal causa da perda auditiva é a exposição a sons excessivamente altos.

“Além disso, apenas o fato de usar os fones de ouvido por uma hora aumenta o número de bactérias no ouvido em 700 vezes, podendo causar infecções”.

Então, na próxima vez em que for usar os fones, pense bem nos danos que o dispositivo pode causar em seus ouvidos.

Fabíola Oliveira observa que o ouvido é uma estrutura complexa, capazes de realizar coisas extraordinárias, e por isso, é fundamental adotar cuidados para manter o seu funcionamento em ordem.

“Para além do fone de ouvido e outras formas de exposição a ruídos, há vários fatores que podem provocar a perda auditiva”, alerta a especialista, citando como exemplo a otite, a otosclerose, doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes entre outros.

Fabíola Oliveira, fonoaudióloga da equipe a Vida Otorrino

A fonoaudióloga orienta as pessoas para diante de qualquer dificuldade para ouvir alguns sons ou com qualquer incômodo na região, entre contato com um profissional de saúde auditiva, frisando que, na maioria dos casos, o diagnóstico precoce pode ajudar a manter uma boa audição por muito mais tempo.

Cuidados

Vários cuidados podem ser adotados para prevenir problemas de audição. Fabiola Oliveira, , começa orientando para não introduzir o cotonete ou outros objetos no ouvido. “Além de empurrar a cera para dentro, você pode acabar machucando o conduto auditivo ou rompendo a membrada do tímpano”.

Outra dica é não utilizar produtos caseiros ou medicamentos sem prescrição no ouvido em caso de dor ou secreção. “O correto é procurar um profissional da saúde imediatamente”.

Dar um descanso aos ouvidos é outra dica valiosa, principalmente porque todos são expostos a ruídos a todo momento, causando estresse, zumbido, perda auditiva e problemas emocionais de toda sorte. “Por estes motivos, é muito importante dar folga aos ouvidos. Fazer intervalos de silêncio ao longo do dia pode ser crucial para garantir a qualidade da sua audição”, completa Patrícia Paes.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments