O diretor do Hospital Albert Sabin, de Alta Floresta, extremo norte de Mato Grosso, José Marcos Bianchini, garante que o repasse dos R$ 400 mil devidos pela Secretaria Estadual de Saúde não irá resolver os problemas da saúde publica do município., “Esse recurso que a prefeita conseguiu junto com o secretário Pedro Henry não vai resolver todos os problemas. Alta Floresta ainda tem uma carga pesada nesse processo”, frisa.
Preocupado, José Marcos informa que a vinda dessa verba que estava atrasado apenas irá aliviar um pouco a atual situação. “Tem que tomar cuidado agora com esse recurso que está sendo prometido para liberação, porque ele não vem pra que a gente possa abrir as portas e fazer tudo que é possível”.
O valor mensal de recursos do Estado era de R$ 107.000,00, valor este que está estagnado desde o ano de 2006, e que vem sendo acumulado de janeiro deste ano. Cerca de 2.500 pessoas são atendidas por mês pelo Hospital Municipal Albert Sabin, e o não ajuste deste valor e posteriormente o atraso de quatro meses, são responsáveis por medidas enérgicas adotadas pelo município, que passam pelo fechamento parcial do hospital e cortes em toda a pasta.
“O Ministério, e todos sabem, repassa valores abaixo do que as unidades de saúde necessitam, então a carga continua com o município de Alta Floresta”, finalizou José Marcos. (com Eliza Gund/Nativa News)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Prof. Juacy Silva
Prof. Juacy Silva
9 anos atrás

Oi minha amiga Sandra, bom dia e uma semana maravilhosa…. Parabens pela sua coragem e decisao em ser uma voz independente.Tenho certeza de q mesmo sendo dificil esta tarefa ue a luta pela sobrevivencia e a possibilidade de abrir caminhos e construir espacos independentes, eu tenho certeza q vc vai vencer. Siga em frente, a cidadania precisa de pessoas corajosas, arrojadas, que tem espinha vertebral nao tao flexivel aos interesses economicos e outros mais. Abs e certamente vamos conversar. Dentro de minhas limitacoes de idade, capacidade e outras mais, estarei colaborando com seu blog, enviando algumas reflexoes que talvez ajudem… Read more »