Roque denunciou e obra será demolida.
Uma obra edificada numa Área de Preservação Permanente (APP) do bairro Despraiado, em Cuiabá, será destruída na manhã deste sábado (16/04). A denúncia da invasão foi feita pelo líder comunitário Cleto Roque de Assunção, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e também no Ministério Público.
A área fica localizada na rua Clarindo Epifânio com Afonso Pena, bem ao lado do cemitério do Despraiado e já foi palco de uma tragédia em 2001, quando houve uma das maiores enchentes da Capital e que matou uma família inteira que estava morando na APP. Pai, mãe e dois filhos foram arrastados pela correnteza e morreram afogados.
“O invasor chegou a pedir o meu apoio para construir na área”, conta Roque, indignado com a falta de respeito à legislação e à própria comunidade do bairro, que vem cuidando do local durante todos esses anos.
Uma grande casa de alvenaria foi construída na APP pelo invasor, além de uma estrutura que servia de garagem para a venda de veículos usados. Tudo vai ser demolido neste sábado pela Prefeitura de Cuiabá. Ontem pela manhã, homens começavam a levantar o muro que cercaria a área. Ao perceber a movimentação, Roque acionou fiscais da Prefeitura que foram rapidamente ao local e determinaram a suspensão da obra.

http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments