Pesquisas têm apontado que a utilização de máscaras caseiras impede a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca do usuário no ambiente, garantindo uma barreira física que vem auxiliando na mudança de comportamento da população e diminuição de casos de Covid-19, transmitida pelo novo coronavírus.

Por meio de nota informativa, o Ministério da Saúde recomenda que máscaras cirúrgicas e N95/PFF2 sejam priorizadas para os profissionais e sugere que a população possa produzir as suas próprias máscaras caseiras, utilizando tecidos que podem assegurar uma boa efetividade se forem bem desenhadas e higienizadas corretamente.

A Clínica Vida Diagnóstico e Saúde, contribuindo com está proposta, divulga as recomendações da referida nota para utilização e confecção das máscaras caseiras.

São elas, em ordem decrescente de capacidade de filtragem de partículas virais:

  • Tecido de saco de aspirador;
  • Cotton (composto de poliéster 55% e algodão 45%);
  • Tecido de algodão (como camisetas 100% algodão);
  • Fronhas de tecido antimicrobiano.

O importante, de acordo com o Ministério da Saúde, é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

“Dado que, quanto maior a aglomeração de pessoas, maior a probabilidade de circulação do vírus, o uso das máscaras caseiras faz especial sentido quando houver necessidade de deslocamento ou permanência para um espaço onde há maior circulação de pessoas”, diz o documento.

Pessoas com quadro de síndrome gripal que estiver em isolamento domiciliar, adverte o Ministério da Saúde, devem continuar usando preferencialmente máscara cirúrgica. O mesmo vale para o cuidador mais próximo dessa pessoa, quando estiver no mesmo ambiente da casa.

Como fazer uma máscara caseira

Existem diferentes formas para confeccionar as máscaras caseiras, podendo utilizar materiais encontrados no dia-a-dia, como camisetas ou outras roupas em bom estado de conservação, até tecidos específicos confeccionadas com máquinas de costuras e elásticos.

Algumas orientações de como confeccionar as máscaras caseiras estão sendo compartilhadas em diversos canais de comunicação, como cortar camisetas deixando em camada dupla e formas que possibilitem a fixação ao rosto, ou recortes de tecidos com metragem de 21 e 34 cm e com utilização de elásticos.

Clique AQUI, baixe a Nota Informativa Nº 3/20 do Ministério da Saúde e veja detalhadamente como fazer uma máscara caseira.

Inaleia Ferreira, campeão mundial de Muay Thai, produzindo máscaras caseia com ajuda da vizinha Mariem Barbosa
Inaléia Ferreira, campeão mundial de Muay Thai, produzindo máscaras caseiras com ajuda da vizinha Mariem Barbosa

Solidariedade

Inaléia Ferreira, campeã mundial de Muay Thai, atendeu chamado de uma amiga para fazer máscaras caseiras. A intensão é doar para alguma entidade e, assim, ajudar a prevenir o avanço da pandemia do novo coronavírus.

Ela tinha uma confecção e resolveu largar tudo para abrir um Centro de Treinamento (CT) no barracão onde costurava e onde hoje, além de aulas para jovens e adultos, desenvolve um projeto social que atende 38 crianças do bairro Três Poderes, em Cuiabá.

Com a pandemia, Inaléia voltou para a máquina de costura e está fazendo as máscaras com tecido que sobrou nas prateleiras.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments