O secretário estadual de Saúde, Pedro Henry faz propaganda em seu Facebook da clínica Hiperbárica Santa Rosa, a mesma que ele alegou ser da sobrinha, porém aparece na sua declaração de bens no Tribunal Superior Eleitoral.
Henry foi acusado pelo presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem (Sinpen), Dejamir Soares, de ser sócio do Hospital Santa Rosa, onde a clínica está instalada.
  
A declaração de bens do secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry (PP), segundo o site Olhar Direto, entregue à Justiça Eleitoral, contradiz com a afirmação dele de que a clínica Hiperbárica Santa Rosa pertencia à sobrinha. De acordo com os documentos entregues, a empresa está avaliado em R$ 252 mil e o gestor possui quotas de capital da câmara hiperbárica que funciona dentro do Hospital.
Pedro Henry também havia informado que quando assumiu a SES assinou ato de suspensão de contrato do Estado com ela, para não caracterizar beneficiamento. A declaração de bens do secretário é pública e pode ser conferida por meio no site do TSE.
Questionado sobre a declaração de bens, o secretário alegou que a empresa está listada em sua declaração ao TSE, pois é casado em regime de comunhão total de bens, e que na verdade a esposa dele é quem é sócia da sobrinha.
“Está na minha declaração pelo regime de comunhão de bens em que sou casado. Tudo que é da minha esposa é meu e tudo que é meu é dela, mas na verdade é ela quem é a sócia, não eu. Se estão vasculhando a minha vida é sinal que eu estou incomodando e fico feliz por isso. Minha declaração é aberta, afinal sou um homem público e não tenho nada a esconder”, rechaçou ele. (com Laura Petraglia/Olhar Direto)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments