Fotos: Top News

Um bueiro cedeu na BR 208, entre Aripuanã e Juruena, extremo norte de Mato Grosso, devido às fortes chuvas que vem caindo na região nos últimos dias. A estrada esta interditada, bloqueando assim o principal via de acesso a capital. Maquinários foram liberados pelo Governo do Estado para realizar serviços emergenciais, mas não estão sendo suficientes para atender toda a demanda.

Moradores de Aripuanã e Colniza novamente passam por transtorno e necessitam com urgência dos serviços das prefeituras e do Consórcio do Vale do Juruena porque a BR-208, antiga MT 170, não oferece condições de trafegabilidade.


O motorista de empresa alimentícia, Valter Parreira, reclama dos constantes prejuízos e despesas nas entregas das mercadorias. “Toda vez é a mesma coisa. Só tampando o sol com a peneira. Não é por falta de aviso. A gente fala e não dão ouvidos e ai esta o resultado. Todo ano isso acontece”.

Um casal que transitava de carro pela BR 208 não observou a queda do bueiro e por pouco não sofrem uma queda. “Peço ajuda ao governo antes que alguém venha a cair nessa cratera”, disse um deles. Outro caminhoneiro mais exaltado com as situações das estradas declarou: “Cadê o secretário de obras, cadê o governo que não vem ver este lugar. Estamos esquecidos”.


De acordo com o presidente do consorcio do Vale do Juruena, o prefeito de Castanheira José Antunes de França, não há como resolver todos os problemas de uma vez, mas dentro de nossa programação será feito o que for preciso para melhorar as condições de tráfego na região o mais rápido possível. (com Top News)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments