O município de Barra do Bugres, região Médio Norte de Mato Grosso, localizado a 169 km de Cuiabá, poderá receber incentivos para a produção da poaia caso o estudo de impacto social do projeto seja aprovado pela Secretaria de Desenvolvimento do Centro-Oeste.  Para receber os recursos, o projeto precisa estar de acordo com as diretrizes da Política Nacional de Desenvolvimento Regional do governo federal e comprovar a promoção do desenvolvimento sustentável da região.
O projeto prevê recursos na ordem de R$ 800 mil para a construção de um laboratório de produção de mudas e um viveiro. A intenção é tecnicizar o cultivo de forma que, através da seleção em laboratório e definição do manejo mais vantajoso, seja possível aumentar a produtividade e o consequente ganho dos pequenos produtores.
A Cephaelis ipecacuanha é conhecida popularmente como poaia ou ipecacuanha e já foi abundante nas florestas mato-grossenses. Sua raiz era utilizada para fazer chás e remédios e isso gerou sua extração ao ponto de desaparecer em muitos locais onde antes era nativa. A principal substância da poaia é a emetina, requisitada pela indústria farmacêutica e base mais de 20 medicamentos diferentes.
O projeto, que está tramitando no Ministério da Integração Nacional, foi elaborado pelo município de Barra do Bugres com apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Embrapa e Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), contando ainda com o apoio do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto do Rio Paraguai. (Barra do Bugres News/Eder Bevilaqua)
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments