Tomamos a cidade de Cáceres-MT e o rio Paraguai, como espaço de sentidos, discursos que significam nas relações políticas e sociais do sujeito com o ambiente. Visto pela linguagem, o corpo do rio é compreendido enquanto texto, que constitui, pelo simbólico, o dizer da preservação, da conscientização. Como se sabe, Cáceres está localizada às margens do rio Paraguai e, consequentemente, a posição geográfica do rio o inscreve nas relações de linguagem, de poder e dizer na/da cidade.

Leia texto completo na página ARTIGOS.
http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments