O advogado Samuel Karajá, líder indígena na região do Araguaia, nordeste de Mato Grosso, lamenta que no mês em que se comemora o Dia do Índio (abril), os povos não tenham muito a festejar. Nesta entrevista, ele reivindica mais atenção à segurança alimentar do índio, à habitação e denuncia o preconceito. Confira a íntegra da entrevista feita por Vanessa Lima, de O Repórter do Araguaia.

http://feeds.feedburner.com/blogdasandracarvalho
0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Eliana
9 anos atrás

Sandra,
"…há também o grave problema do relacionamento entre os índio e o elemento humano vindo de fora, isto é, o civilizado. De que forma se poderia conciliar as duas sociedades ? Uma estável, ajustada ao meio, equilibrada, apoiada em padrões culturais bem definidos; e outra adventícia, desordenada, que chega para transformar florestas em pastagens e cujos membros não mantém entre si nenhum vínculo, exceto o mesmo e constante propósito de obter lucros."
(Orlando Villas-Bôas ; sertanista)
Depois disso, não preciso dizer mais nada.
Repassei para todos da minha lista,
Abraços,
Eliana Crivellari