No último sábado (07) a consultora em gestão de atendimento e serviços Luciana Falcão realizou uma palestra no Colégio Notre Dame de Lourdes, sobre como a equipe da escola deve acolher os alunos e seus pais, além de se ter mais produtividade.

“Durante o nosso encontro, o primeiro passo foi parar para pensar o ‘eu vendo diferente’, vendo no sentido de ver. Dele sair do papel e se ver, olhar para dentro de si e parar para pensar que todo mundo tem uma história, um problema, mas enquanto estamos exercendo o nosso papel, a nossa função e o nosso servir, a gente esquece. Tem que entender que o nosso papel é estar a todo momento presente para o cliente que está na nossa frente, presente”, explica a consultora.

Falcão diz que cada função, como recepcionista, monitor, inspetor, fiscal de pátio, secretária, entre outros, devem perceber sua importância e valor. “Quando eu percebo qual é o valor dessa função, cada vez mais eu vou me organizar para eu poder ser rara naquilo que eu estou fazendo e inimitável, ou seja, para eu ganhar o meu valor”.

A especialista aponta que a grande meta, independente da função, é sempre ser competente e diferente. “Um profissional, para ser competente e diferente, tem que fazer todos os dias o básico, mas sendo de uma forma diferente e inovando sempre, mas sem deixar de fazer o básico. O básico é o principal. Se eu não faço o básico e faço a inovação, não tem valor”.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments