A advogada Elaine Freire, de Mato Grosso, considera importante a aprovação da Resolução 006/2020 no Conselho Federal da OAB, que estabelece a participação de pelo menos 30% de mulheres na condição de palestrantes em todos os eventos organizados pela entidade.

No entanto, ela critica o fato de ainda no século 21 a mulher ser preterida como protagonista em eventos.

“A resolução é de grande valia, mas lamentamos que com tantos avanços ainda precisamos de leis para garantir que mulheres participem ativamente de atos importantes e relevantes para todos”, pondera a advogada.

Para Elaine Freire, a mudança desta cultura deve começar pela educação das crianças na família e na escola, a fim de que não existam mais diferenças entre os seres humanos, onde o respeito seja à base de todas as relações.

“Precisamos estabelecer uma cultura de participação feminina nos eventos e assim carimbar ainda mais a valorização da mulher advogada”, completa Elaine Freire, que atua na advocacia há 11 anos.

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments